sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Sobre bullying e assédio

- Mamãe, a menina na escola me chamou de feia...
- Você é feia?
- Não.
- Então o problema é dela.

 - Mamãe, o menino na escola me chamou de baixinha...
- E você é o quê?
- Baixinha.
- Então qual o problema?

- Mãe, rasguei o caderno do menino na escola e joguei no lixo...
- O quê? Cadê a ocorrência para eu assinar? Por que a coordenadora não me ligou? Que dia é para eu ir lá?
- Não, mãe... A coordenadora não me deu ocorrência. Nem me xingou...
- Por que? Ela não viu?
- Viu sim. Mas não falou nada comigo. Xingou o menino.
- O que aconteceu?
- O menino me chamou de “gostosa”. Mas ele faz isso sempre. Aí hoje eu tava passando, ele falou de novo. Daí eu perdi a paciência, fui lá, peguei o caderno da mão dele, rasguei algumas folhas e joguei no lixo.
- Ah, sim. Mas dá próxima vez me fala que vou lá na escola resolver isso.
- Tá bom.


Boneca, você me enche de orgulho. Não muda nada, por favor.

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Um "homi" pra Mamãe

Gatinha, ultimamente você cismou que quer um irmão e que tenho que te dar um irmão. Ok. Mas não, né?! 

Tenho o app no meu celular que se chama "Meu Calendário", que é um calendário menstrual que nos permite informações sobre ciclos e ovulação. 

Pois bem, você pegou o meu celular hoje e abriu o app. Viu que, de acordo com o app ovulo dia 22. Então me perguntou o que significava aquilo e eu expliquei que é o dia bom para engravidar. 

Aí você me vem com a pérola: "Nossa! Tenho três dias pra arrumar um homem pra mamãe!". 

Fiquei sem saber se ria ou chorava...

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

Cozinheira

Amor, já faz um tempo cismou que quer aprender a cozinhar, mas eu sempre ficava receosa. Comentei com Sílvia sobre isso. Ela me disse que apesar de você ser pequenininha, já tem 10 anos e já tá na hora de aprender umas coisinhas.

Hoje comprei pão e hambúrgueres. Você pulou na frente e disse que ia fritar. Respirei fundo e deixei. Pediu-me um avental. Achei um pequeno xadrez amarelo e ficou certinho em você.  Ascendi o fogo. Coloquei um pouco de óleo na frigideira e fiquei vigiando. Você destramente colocou o hambúrguer e com uma espátula ficou virando a carne de um lado pro outro toda concentradinha.


Cheia de orgulho, você fritou 4 hambúrgueres. E mais cheia de orgulho ainda, sentei-me a mesa para lancharmos com a certeza de que minha bebêzinha tá indo embora e tá chegando uma mocinha cada vez mais linda e prendada.