sábado, 11 de junho de 2016

10 Anos.

- Boneca, vou fazer uma festinha bem simples, não vou alugar brinquedos, ok?
- Pra quê brinquedos, mamãe?! Eu já vou fazer 10 anos. Eu e meus amigos vamos ficar só conversando e comendo...

Ok então.

Vamos ao que rolou:

- Você já começa a ter vergonha da mamãe... Na verdade é um misto de vergonha e orgulho, principalmente quando suas colegas diziam: "Nossa! Sua mãe é tão legal! Tão divertida!". Detalhe: Mamãe dançou, brincou o tempo todo!

- Você já tem sua turminha. Fizemos uma festa só para alguns amigos seus e familiares. Seus amigos vieram sem os pais. Vocês conversaram, riram, se divertiram muito e confesso que quase senti falta daquela correria que aprontavam quando eram "crianças".

- Sua melhor amiga vai dormir aqui. É lindo ver vocês duas juntas. É lindo o presente que ela te deu: Uma foto, uma carta (linda demais e que me emocionou) e um pote, decorado por ela e cheio de bilhetinhos fofos e declarações de amor. Enfim, coisa linda e pra se guardar pra sempre.

- Como sempre, você era só sorrisos e simpatia. Amou o novo formato de festa e se divertiu horrores!

Obrigada, Vida!

Obrigada, Filha!

Obrigada, Deus!