terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Filha:

Uma amiga muito querida escreveu este post, relatando seu relacionamento com o filho adolescente. E você sabe como tenho medo de adolescência, principalmente da sua. Mas este foi o meu comentário na publicação dela:

Márcia Mapa disse...

Nina, que saudade de você e de sua sabedoria simples e forte. Lara não é adolescente ainda, mas já tem me dado alguns problemas na escola. O que me faz temer mais ainda a adolescência. Já conversei com a diretora, professora, coordenadora, psicóloga e todas me disseram a mesma coisa: Ela é muito inteligente, líder e pró-ativa, suas notas são excelentes e ela se destaca em tudo que lhe é proposto, mas não aceita ordens sem uma explicação, ela não é massa de manobra (Graças a Deus!), o que me aconselharam foi ensiná-la a respeitar também a opinião dos outros e aceitar que ela não manda em todo mundo (aliás, nem nela mesma. rs, quem manda sou eu!). Agora converso horas com ela, assistimos a documentários sobre o assunto juntas, a coloquei na aula de violão, sem contar que ela lê muito (um livrinho por dia) e escreve também em seu diário. Ela esta mais amorosa, escreve bilhetinhos pra todo mundo, inclusive bilhetinhos de desculpas quando apronta alguma. Enfim, já estou começando agora a me preparar para a adolescência dela e conquistando cada vez mais a confiança e o respeito dela. Bom saber que você esta superando a fase do seu filho, que é difícil, mas é possível, afinal de contas somos mães que amam demais seus filhos e queremos que eles sejam as melhores pessoas do mundo! Bom te ler de novo, Nina! Muuuuuita saudade de você!

21/01/2014 12:58:00