sábado, 4 de dezembro de 2010

Uma lição de filha para pai.

Aconteceu o seguinte episódio hoje durante o café da manhã:

A princesa já acorda pedindo pra colocar o CD do Akon, seu cantor preferido e seu modelo de beleza.

O papai já começa a provocá-la:

- Negão é feio, amorzinho! Tem que gostar de “branquinho”! Loiro de olhos verdes!! Esse é feio!

Ela responde com desdém:

- Ele é bonito! É lindo!!

E o papai continua provocando...

- Ele é feio, sim! Você tem que gostar de loirinho!!

Aí ela responde “na lata”:

- Mas eu gosto de todas as cores, né mamãe?!

Tomou papudo?!? Não!!! Ele não desistiu...

- Branquinho que é bonito! Negão é feio!!

Então, papaizinhho leva o golpe final. Apontando pro próprio rostinho, ela responde:

- Mas eu gosto do que está por dentro!!!

Papai mereceu, não é não???

**************************

Em tempo:

Papai só queria provocar a ira da princesa, mas pesou a mão na brincadeira...
Porém, o bonito disso tudo, foi a própria princesa passar um sabão nele.

Adorei!!

Essa menina ainda me mata de tanto orgulho!!

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Princesa Bipolar

Daí que liguei pra casa por volta de 11h e conversando com minha mãe ouço a princesa cantando musiquinhas "paz e amor" do Patati Patatá. Converso com ela um pouquinho destilo toda minha corujice, elogiando até a ponta das unhas dela.

Então, lá pelas 12:50hs, ou seja, apenas uma hora e cinquenta minutos depois o lado heavy dela se mostrou. Minha mãe me liga desesperada dizendo que ela tá agressiva quebrando tudo e malcriações a mil. Bateu o telefone na minha cara na sequência e eu achei que ela resolveria tudo, nem que fosse na "porrada".

As 13:20hs descubro através de fontes confiáveis que ela não foi a escola e ligo pra conferir. Ela atende o telefone com a voz mais macia do mundo, como se nada tivesse acontecido. Minha mãe com alto nível de estresse, atende o telefone e diz que não tá nem conversando com ela, que nem essa voz macia a convenceu. Diz que só quando ela reconhecer e pedir desculpas, voltam as boas.

Resultado:
Lara esta de castigo até segunda ordem.
E a psicóloga marcada pra próxima quarta.

Orem por mim.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

O mundo é muito estranho

Belo Horizonte, centro da cidade, hoje, 8:50 am:

Lá estou eu, mulata-convalescente, rumo ao ponto do segundo e último bus. Passo em frente a uma lojinha de Jogo do Bicho a qual sublocou uma parte para venda de imagens de “Nossa” Senhora Aparecida. Não sou católica, mas, “Nossa” Senhora Aparecida aprova isso? Jogo ilegal? Eu acho que não pediram autorização pra ela não, heim. Melhor vê isso direitinho...

Chego ao ponto. A uma distância segura de mim um homem atravessa a rua aos berros: “Respeita a Deus e me respeita! Respeita a Deus e me respeita!” Bom, só digo duas coisas a este senhor: Eu respeito a Deus e te respeito. Até porque, morro de medo de gente doida.

Já estou dentro do ônibus observando as pessoas na rua, quando vejo um homem passeando calmamente, olhando vitrines e, se barbeando. E a seco! A seco!!!!

Já a minha filha está completamente adaptada a este mundo insano...

Belo Horizonte, bairro da periferia, sábado, 15:20 pm:

Estamos sentadas em um ponto de ônibus, eu, princesa e vovó, esperando o papai nos buscar, quando surge uma senhora um pouco perturbada das idéias. Ela insiste que meu nome é “Fernanda”. Aceito. Como já disse, tenho medo de gente doida. Ela dispara a falar da comida de uma festa que ela vai, da fartura, do cardápio... Enquanto tento me esquivar educadamente dela, a princesa que esta no meu colo e atenta ao monólogo, dispara: “Eu hoje comi banana...” E assim a conversa muda de rumo e as duas passam a se entender no bate-papo até o papai chegar.

sábado, 21 de agosto de 2010

Mundo dos sonhos



Hoje ela chegou pra mim na beirada da minha cama e disse:
- Mamãe, tive um sonho. Sonhei que roubaram você e o papai. Eu fui voando no céu procurando vocês.
- E você salvou a mamãe e o papai?
- Sim, eu fui voando no céu até achar vocês.

Com certeza não foi o primeiro sonho que ela teve, mas foi o primeiro que ela se lembrou e contou. E pra mim! Isso não tem preço. Não tem...

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Picolé quente.

Ontem, dia dos pais, após ganhar dois lindos desenhos feitos pela princesa e completamente sensibilizado, papai resolveu comprar o picolé que a boneca pede há uma semana...

Foi lá comprou picolé e sorvete pra família toda. Ela ficou toda empolgada, mas...

Após as primeiras lambidas no picolé e após descobrir que era aquilo mesmo, gelado, ela disse:
- Papai, você comprou gelado, tinha que ser quente...
- Tudo bem, amorzinho, dá próxima vez papai compra um picolé quente pra você.

Ahhhh, ela não é um docinho?!

quinta-feira, 22 de julho de 2010

A 1ª Festa Junina

Sua primeira festa junina e ela com desenvoltura de profissional.
Cantou, dançou e acenou para toda a torcida organizada (que não era pequena nem nada).
Parecia uma boneca que cantava e dançava.

Lara estava deslumbrante...
A mamãe estava tão orgulhosa, tão babona... que só sábia acenar e rir compulsivamente. (Tava igualzinha mãe de miss)

Você foi o show, Princesa maravilhosa!!

terça-feira, 29 de junho de 2010

Aconteceu em: 28/06/2010

Ontem, acabou a energia em casa. Saí por alguns segundos para falar ao celular com o papai da boneca. Quando já estou no corredor voltando, ouço o chorinho dela. Sai correndo ao encontro da boneca. Quando chego, ela está de pé na cama, olha nos meus olhos com aqueles olhinhos cheio de lágrimas e chora: "Eu quero pa-paaiiiiii!" Me abraçou forte e só se acalmou quando o Papai-Heroi chegou pra nos salvar.

O certo não seria na hora do medo ou do sufoco ela chamar por "mamãe"?
Devo me preocupar?

sexta-feira, 11 de junho de 2010

Happy Birthday For Princess

Hoje tem uma princesinha, bonequinha, bailarina, bolachinha, gustusurinha, tutuquinha e amorzinho da mamãe fazendo 4 aninhos.

Foi outro dia mesmo que eu estava agonizando na mesa de parto, mas louquinha pra ver esse rostinho maravilhoso!




Nunca na minha vida imaginaria ter uma filhinha tão linda, esperta, amorosa, mandona e inteligentíssima assim. Nunquinha!

Parabéns, meu amorzinho! Mamãe te ama! Deus te abençõe muito!
E seja sempre assim, essa garota esperta. Porque mamãe briga com você, mas adora esse seu jeitinho de ser (Shiuuuuuu, segredo).

terça-feira, 11 de maio de 2010

As vogais.

Ela já aprendeu a escrever as vogais. Há alguns dias, do nada, ela chegou com um papelzinho e uma caneta na mão, sentou à mesa e escreveu a letra A. "Um risco assim, um assim e um no meio. A." Quase morri de emoção. Juro, quase chorei. Foi como se ela já tivesse escrito o primeiro Best-seller. Daí foi só evoluindo... Depois foi o E-I-O-U. Agora já esta aprendendo o número 1 e o nomezinho: L-A-R-A. Lara, amorzinho esperto da mamãe.

O papelzinho. 
As primeiras letrinhas

terça-feira, 30 de março de 2010

Amorzinho do Papai



Controladora:

- Mamãe, liga pro celular do papai que eu quero falar que ele tá demorando demais!

Amorosa:

- Mamãe, não esquece, quando chegar lá, fala pro papai que mandei um beijo pra ele.

Ciumenta:

Entramos no ônibus eu, papai, filhinha e vovó.
Ficamos eu, filhinha e vovó sentadas em um banco alto na parte da frente.
Papai passa a roleta e senta na parte de trás do ônibus.
No ponto seguinte entram três mulheres e uma senta ao lado do papai.
Filhinha se levanta toda desaforada e grita:

- Papai!! Quem é essa “mulher” aí do seu lado???

Apaixonada:

Papai tirando um cochilo no sofá.
Filhinha vira pra mamãe e diz:

- Mamãe, sabia que papai é príncipe? Vou dar um beijo nele e ele vai acordar, ó.



Essa é o "Amorzinho do Papai"...

segunda-feira, 15 de março de 2010

A que conclusões ela chega.













Amo o seu jeito de ver o mundo, Boneca.

O modo como entende, ou não a morte. Como há alguns dias, quando tentaram explicar que a cachorrinha de estimação da Titia tinha morrido e que quem morre não volta mais. Você sempre perguntava no final das explicações: “Mas que dia que ela volta?” E quando você explicou pra gente o que é morte: “Mamãe, o menino engasga com o pirulito e morre. Aí a mamãe leva ao médico e aí ele volta pra casa de ônibus.” Pronto. Entendi quase tudo. Só não entendi o porquê "voltar de ônibus". Seria a sua concepção de Purgatório?

O jeito que você entende o que são pessoas jovens e idosas. Como no dia em que você me explicou que a vovó era "velha" porque tinha dor nas costas. Há se você soubesse que isso não é só privilégio dos idosos... E no dia em que ajudou a vovó a pegar um objeto no chão, justificando que você podia pegar porque sua coluna é boa. E quando você diz que quando você for grande e eu pequena, vai cuidar de mim e arrumar casa e fazer comida... Quando você for grande e eu pequena, Boneca? Você acredita que enquanto cresce eu rejuvenesço? Tomara! Anseio por ver a pessoa grande e maravilhosa que você será.

Amo o jeito como você entende e ensina o que é fidelidade. “Mamãe, o papai é namorado só seu e meu, tá?”. E quando fui te testar mostrando outro moço bonito na TV? Pergunto: “Moço bonito, né amor? Mais bonito que o papai.”, e em seguida vem a resposta: “É sim, Mamãe, mas é com o papai que a senhora casa.” Calei.

E tem muito mais conclusões: Trovão é quando Papai do Céu fica bravo por você ter feito má criação. Polícia também, só prende quem faz má criação (o que não deixa de ter um fundo de verdade). Rosa é de menina, azul é de menino e amarelo é dos dois. E você só chegou a essa conclusão por causa de uma bola amarela que ganhou e gostou tanto. Eu só posso beijar o papai na boca porque sou casada com ele (é a conclusão mais bonitinha). E tantas outras que vou me lembrando aos poucos.

Você me abre os olhos, Princesa. Me ensina tanto...

E eu que achava que a mamãe que ensinava pra filhinha. Que nada! As duas aprendem juntas: Você me abre o seu mundo enquanto eu tento lhe explicar o meu.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Mãe Coruja é assim...

Qualquer coisinha já acha a filha um gênio, uma artista nata. Mas uma coisa é vista a olho nu, o charme da garota. Presta atenção.



E fazendo Escalada? Ahhh neeeemmm... Uma atleta!

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Primeiro dia


Hoje foi o primeiro dia de aula da vida da pequena princesa.
Ela estava tão feliz, mas tão feliz, que não conseguia desmanchar o sorrizinho lindo do rosto. E olha que ela foi a primeira a acordar, lá pelas 5 da matina.



Sinceramente, este foi um dia inesquecível, meu coração batia forte a cada sorriso e a cada expressão de euforia dela: "Mamãe, eu adoro esta escola!", "Eu tô adorando, mamãe!"...

Existem coisas que nenhum dinheiro no mundo pode pagar. Não podia perder esse momento por nada.