terça-feira, 24 de junho de 2008

Princesa All Star

Lá em casa, todo mundo é "all star" desde pequenininho

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Dia a Dia da Lara - Parte 1

O primeiro ano de vida da pequena princesa foi, para mim, um ano muito complicado. Perdi muitos detalhes do 1º aninho dela. Domingo, em mais uma das minhas faxinas, achei a minha agenda de 2007 e descobri que alguns acontecimentos não caíram no meu esquecimento. Anotei algumas coisas, não todas, mas coisas muito importantes pra mim. Vou deixar registrado aqui, para depois atualizar a "Agenda da Pequena Princesa".

30/12/06
1ª Viagem da Lara – Três Marias
Lara fala “pá” (papai)



31/12/06
Pela primeira vez Lara chupou manga e bebeu água de côco.
Ela gostou muito...


















05/01/07
Eu e Quequel percebemos o aparecimento do 1º dentinho da Lara

















10/01/07
Lara deu um “tchau” certinho pela 1ª vez
Ela conseguiu se apóiar nas alças do cercadinho e ficar de pé
Já anda (se apoiando, claro) em volta do cercadinho.















12/01/07
Lara falou “mãn” (traduzindo: Mamãe)

20/01/07
Lara bateu palmas sozinhas
Já engatinha
Fala: “uó uó”, “ta” e “te”


















27/01/07
Marcus viu que o 2º dentinho da Lara já ta nascendo


















14/02/07
Lara bate palmas quando a gente canta: “Parabéns pra você”

25/02/07
Lara deu 1 passo e ½ no cercadinho sem se segurar

11/03/07
Apresentação da Lara
Padrinhos: Marco Aurélio e Janice

14/03/07
Lara já fica de pé no cercadinho por alguns segundos sem se segurar em nada.

18/03/07
Lara fica balbuciando, quase falando.
Ela já acompanha as músicas batendo palminhas

24/03/07
A Lara fala “Oi”

05/04/07
Lara foi pela 1ª vez no Sítio da Tia Zaia e do Tio Yuri.
Ela adorou tirar um cochilo na rede.


07/04/07
A Lara ficou o dia inteiro falando “ui”

18/04/07
Lara andou no chão sozinha pela 1ª vez e deu vários passinhos.



03/06/07
A Lara anda sozinha!
Ela fala “papá” (papai), “mãn” (mamãe) e “uó uó” (vovó)

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Parabéns Pequena Princesa!

Quem diria... Quem diria que aquele serzinho que chutava minha bexiga com toda a força era você. Aquela mexida forte na minha barriga, aqueles chutes... Você. E agora, olhando pra você fico admirada: “Você anda!” “Fala!” “Escolhe a roupinha que quer usar”. Deus é tão perfeito... Você é tão perfeita! Dois anos. O tempo passou rápido, desde aquele dia em que você resolveu nascer, linda e perfeita. Agora você ta aí, enchendo a casa de alegria e luz.
Às vezes fico pensando: O que eu estaria fazendo agora se você não estivesse aqui? Que vida sem graça eu teria! Acordar com um beijinho seu é ganhar o dia. Ir trabalhar com você no portão me dando tchauzininho e com um sorriso lindo no rosto, não tem preço. Hoje é seu aniversário, princesa, mas o presente é meu. Você é meu presente. Você é o meu amor! Daqui até a eternidade...

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Comemoração

A alegria e a vontade de comemorar era tanta, minha princesa, que antecipamos a festinha...

"Nós agradecemos a Deus
Que nos mandou
O maior dos nossos sonhos
Muito prazer.....
Te conhecer
Pequena princesa,
Você brotou
De um verdadeiro amor
Já podemos ver...
Em seu olhar
O sol que brilha
Te amamos filha, dá vontade de gritar
Seja bem-vinda ao mundo
Pequenina princesa
Você é linda...
Pra sempre
Nós vamos te amar...!!"

(Chimbinha, e pequenas adaptações do papai e da mamãe...)

sexta-feira, 6 de junho de 2008

Entre pai e filha

Durante muito tempo eu achei que ele não a amava. Pensava que, no fundo, ele nunca quis ter um filho. Me enganei. Agora, quase tenho ciúme dos dois.

Ele: Vem cá, amorzinho do papai!
Ela: Hi hi hi... papai lindo!
Ele: Você que é linda!
Ela: Papai é da Lalinha...Vem vê, papai! Vem vê Lalinha fazendo daça (graça) pá voxê.

E ela começa a pular, correr, dançar e beijar o papai dela...
”Fazendo daça”.

(E eu fico ali, no cantinho, filmando aquela cena de encher os olhos...)

Ele: Vem dormir, amor. Vem dormir de colherzinha.
Eu: Hum hum

[...]

Eu: Lindo, você ta dormindo?
Ele: Não.
Eu: Sabia que eu amo você?
Ele: Eu te amo, pitel... E amo a nossa amorzinho.

quinta-feira, 5 de junho de 2008

Sogra, eu?

A vovó tem um jeito todo especial de contar historinhas, faz uma nova versão ou uma nova linguagem a cada vez que conta pra pequena princesa.

A história de hoje pela manhã foi “Branca de Neve”:

“Então, fizeram a princesa dormir...e chegou um príncipe que beijou a princesa...Ele beijou a princesa porque queria namorar com ela...”

Ela interrompe a vovó:

Ela: Ô quelo namola também!
Vovó: Não minha filha, você é pequenininha...
Ela: Ô quelo! Ô quelo namola também...

A vovó me liga no trabalho:

Eu: Alô!
Vovó: Oi.
Eu: O que foi mãe?
Vovó: É, parece que logo logo você vai ter um genro.

terça-feira, 3 de junho de 2008

A dona da festa

O aniversário de dois aninhos da pequena princesa esta chegando, e entre um preparativo e outro, ela ta lá, acompanhando tudo com olhos e ouvidos atentos a todo movimento. “É o nevesálio da Lalinha, mamãe?”, “Vai cantar parabéns?”. Há uns dias atrás, resolvi perguntar pra ela o que ela queria na festinha, no que ela respondeu rápida como uma flecha: Bolo, maçã, banana, docinho e balão. Se soubéssemos que tão pouco a faria feliz, não teríamos gastado horrores com os preparativos. Fica a lição. No ano que vem eu consulto a "dona da festa" primeiro.

*** *** ***

A "dona da festa" está sensível estes dias, acho que é TPF (Tensão Pré-Festinha). Agora a gente discute assim:

- Ô meu amor, mamãe te ama!
- Ama não!
- Amo sim!
- Ama sim, não!
- Amo sim, sim!
- Ama sim, sim???
- Amo!

Aí ela dá aquele sorrisinho mais lindo...

*** *** ***

Em outra discussão motivada pela TPF:

Eu: Desce daí, princesa! Você vai cair!
Ela: Cai não!
Eu: Cai sim, e se cair, mamãe chora.
Ela: Então chola.
Eu: Snif! Snif! Snif!
Ela: (Cética) Ponto. Pode palá.

Só você me fascina

Gordinha, barriguda, cabelo ralinho, cambota, bagunceira, baranguinha e linda.

Linda demais.