quarta-feira, 23 de abril de 2008

Inatingível?

“Eu quero uma casa no campo, onde eu possa ficar no tamanho da paz, e tenha somente a certeza, dos limites do corpo e nada mais”. Eu quero um quintal, uma cozinha grande, uma rede na varanda. Eu quero olhar pela janela e ver minha filha brincando com as galinhas, correndo e tentando pegar os passarinhos... Eu quero até que ela suba em árvores como a mamãe dela fazia. Eu não quero mais sair pra trabalhar... Quero ser dona de casa, pronto. (Que Deus me ajude nessa empreitada!) Não quero mais ter que sair todo dia de manhã e dar um beijo de batom na mãozinha da princesa e prometer que eu volto. Não! Eu quero ficar com ela. Bom demais seria ficar balançando na rede, todo fim de tarde, nós três: eu, a pequena princesa e o papai “Mathu”. A vovó não gosta de rede, ela ficaria na cadeira de balanço pertinho da gente. Eu quero uma casa no campo, onde eu possa criar minha filha, onde eu possa criar minha família...



"Se as coisas são inatingíveis... ora!
não é motivo para não querê-las.
Que tristes os caminhos, se não fora
a mágica presença das estrelas!"
(Mário Quintana)

4 comentários:

  1. Ai...Que sonho mais lindo! Eu tb tenho um desses...Ter uma chácra com horta e uma rede bem aconchegante, acordar com o barulho dos passáros!!! Tem vida melhor??? Melhor que isso só ganahar na mega Sena e realizar tudo isso!
    beijos querida!
    Ah!Chorei de rir com seu último comentário no meu blog!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu quero também uma casa no campo,"...eu quero a esperança de óculos, meu filho de cuca legal, eu quero plantar e colher com a mão
    a pimenta e o sal, eu quero uma casa no campo, do tamanho ideal, pau-a-pique e sapé, onde eu possa plantar meus amigos, meus discos e livros, e nada mais..."

    Essa era uma das muitas músicas que eu cantava pras criancas dormirem. imaginava eles assim, de cuca legal, plantando no jardim...
    Marcinha eu entendo o seu sonho perfeitamente e olha, nao é inatingível.

    Sobre ser dona de casa, eu pensava que nao era uma coisa mt boa, adorava trabalhar fora e dizer que assim eu era independente, aqui, entendi o quanto é bonito ser dona de casa, cuidar dos nossos. eu amo cuidar da minha casa e esperar todo mundo chegar,e servir o jantar e aguardar os elogios, que sempre vêm, o que me surpreende, porque antes só ouvia comentários ruins, vindos do ex.

    Beijao querida e acho esse sonho muito a sua carinha mesmo. Sorte!!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal este blog, vim conhecer e deixar um beijo, eu também quero uma casa no campo e para lá irei em breve. Grande abraço, seu blog é lindo.Alda

    ResponderExcluir